A primavera japonesa é um tema comum nos nossos devaneios aqui no ateliê. Campos infinitos de flores, uma leve brisa que transporta perfumes e pétalas pelo ar... 

O fotógrafo Hidenobu Suzuki nos fez passar mais um pouco de tempo sonhando com o Japão com essa série de fotos ganhadoras do "2016 National Geographic Travel Photographer of the Year Contest". Nela, um mar de flores azuis domina o horizonte de uma paisagem tão onírica que me faz querer colocar um snorkel e mergulhar.

No site do artista, ele explica que este é exatamente seu objetivo. Mais que um fotógrafo, ele se diz um "belezista" e suas fotos são como pinturas japonesas que "expressam emoções e sentimentos espirituais através da paisagem".

Sua reflexão ainda continua de forma muito interessante e válida para nós, ocidentais:

"O teatro contemporâneo, arte e música estimulam o cérebro e melhoram o humor. A arte emocional cura as pessoas e leva a uma sociedade em harmonia. Eu aceitei o desafio de capturar emoções com a minha câmera. Usar o pensamento lógico para fotografia resulta em mais atenção ao detalhe, mas existe uma tendência ao tédio. Trabalhar com sentimentos e olhar para emoções é mais relaxante".

No site do artista existem muitas outras fotos de natureza, paisagem e pessoas. Vai lá!

 

Comment