Lembro que quando eu era pequena minha mãe sempre colocava uma folhinha de arruda atrás da minha orelha. A partir desse dia comecei a pular o muro da vizinha da minha avó para pegar a tal plantinha cheirosa qu espantava a inveja.

Faz muito tempo que acredito no poder das ervas, mas confesso que conheço muitos significados além desse. Como este mês estamos com uma vitrine dedicada ao tema, resolvi conversar com a Mari Nassif, dona da Banhô e especialista em magias do bem, para entender um pouco mais do tema. Veja abaixo e entenda um pouco daquilo que você vai receber nos nossos "arranjos saravá":

Arruda: purifica e consome energias sobressalentes

Espada de São Jorge: corta demandas e protege

Pimentas: desagregadoras de energias negativas

Alho/Flor de Alho: dissolve e esgota energias extremamente fortes e negativas

Alecrim: energizante.  A Tahone Jacobs, da Per Purr, também já me explicou que "A flor do alecrim significa felicidade, bom ânimo e confiança. Ele é conhecido desde a época da antiga Roma por afastar a inveja e os sonhos ruins.

Lavanda/alfazema: ervas de cuidados, proteção materna e acolhimento 

Para uso, a Mari explica que "são todas ervas consideradas quentes, portanto a indicação é para que estejam em locais de circulação e movimento, e não dentro do quarto, por exemplo. Caso a pessoa insista em querer por perto, a melhor indicação é a porta de entrada, do lado do corredor, num aparador ou prateleira - caso contrário, podem "cansar" a própria energia vital da pessoa".
 
image.jpg

Comment